NOTÍCIAS

14

Novembro

Caxias do Sul sedia Seminário de Ética & Compliance na Construção

Postado em 14 de Novembro de 2018

Com a presença de autoridades, lideranças e empresários da Construção Civil, do mercado Imobiliário e de outros segmentos econômicos , Caxias do Sul sediou nesta terça-feira, 13 de novembro, o Seminário de Ética & Compliance na Construção, promovido pela CBIC  e SESI Nacional, com realização do SINDUSCON CAXIAS e CIC Caxias, com apoio do MobiCaxias.

            Abrindo o evento, o Presidente do SINDUSCON CAXIAS, Oliver Chies Viezzer, agradeceu à CBIC por ter trazido um “evento desse significado para Caxias do Sul”, acrescentando que a iniciativa local partiu da Diretoria Jovem do SINDUSCON, “que nos deu essa missão de trazer o vento, fato que nos deixou muito feliz”.

            A Presidente do Fórum de Ação Social e Cidadania da CBIC, Ana Cláudia Gomes, falou sobre os propósitos da entidade com a realização do Seminário e agradeceu a receptividades dos construtores de Caxias do Sul.

            O painel principal do evento contou com as palestras de especialistas em compliance e juristas, todos enfatizando a importância desse sistema, nas empresas e organizações, especialmente no momento que estamos vivendo no Brasil.

            De forma consensual, os palestrantes enfatizaram a necessidade da participação da alta gestão da empresa, independente do seu porte, no exercício, aplicação e controle dos mecanismos de ética e compliance.

            O Doutor em Ciência Política, Leonardo Barreto, falou sobre o Manual de Ética & Compliance da CBIC e a importância da sua aplicação no setor da construção. Salientou que a reputação de uma empresa, construída por décadas, pode terminar em dias.

            O Procurador da República no Ministério Público Federal de Caxias do Sul, Fabiano de Moraes, ao falar sobre o combate à corrupção, alertou os gestores para que todas as precauções sejam no sentido de prevenir “esse mal que assola o nosso país”, para que não afetem suas empresas.

            O Gerente Jurídico e CEO – Chief Compliance Officer da Marcopolo, Maurício Otávio Barcellos, falou sobre o sistema de compliance introduzido na empresa, considerada uma das maiores fabricantes de ônibus do mundo. “Muitas empresas acham que praticar compliance gera custos muito elevados, mas eu lhes garanto que os benefícios são muito maiores e o custo se torna irrelevante no contexto da empresa”, acrescentou.

            A Ministra aposentada do Supremo Tribunal de Justiça, Eliana Calmon, encerrou o painel explanando sobre a Lei da Improbidade Empresarial – Combate a Corrupção. Ao final, os palestrantes responderam a perguntas e debateram com a plateia.

Berenice Stallivieri